Dá falta de ar só de imaginar...

Há quatro meses, os pacientes que sofrem da doença crônica, não conseguem mais a medicação junto à Secretaria Estadual de Saúde

Por Isabele Benito

"Mães que produzem", -
Rio - Eles criaram até um grupo no WhatsApp, que já chega a 20 pessoas.

Gente que precisa tomar uma vez por mês a injeção Xolair, para controlar a asma de alta complexidade.

Alguns chegam a ter mais de uma crise por dia. E agora, além da falta de ar, convivem com o descaso. Nem com mandado judicial estão conseguindo!

Há quatro meses, os pacientes que sofrem da doença crônica, não conseguem mais a medicação junto à Secretaria Estadual de Saúde. Eles precisam pegar a vacina e levar até o Hospital do Fundão para aplicação e reclamam que já ficaram mais de 1 ano sem o remédio, que ajuda na imunidade.

“É muito complicado sair de casa cedo para pegar o medicamento e bater com a cara na porta” relata Maria de Fátima Vieira Leal, que vai de Belford Roxo até o Centro buscar a medicação.

Alguns acabam recorrendo a medicamentos semelhantes, como o Seretide, que custa na farmácia em média cento e quarenta e dois reais. Quem pode, tá comprando...

Quem não pode, conta com a sorte.

“O que mais deixa a gente doente, é a falta de previsão”, afirma Socorro Cianelli, que segue aguardando uma resposta.

A morte da atriz e roteirista Fernanda Young, após uma crise de asma na semana passada, assustou ainda mais o grupo...

A coluna entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde, que disse que vai apurar a denúncia. A gente espera que seja pra ontem!

3,2,1... É DEDO NA CARA!
PINGO NO I

NÃO MORRE NO ASSALTO, MAS PODE MORRER DE ACIDENTE?

A decisão do DER de tirar alguns radares da RJ-106 e 104 para dificultar a ação de bandidos que atuam nessas localidades é paliativa, pra não falar outra coisa.

A desculpa é que o motorista diminui a velocidade e o bandido aproveita e faz arrastão.

Por mais que alguns motoristas digam que controle de velocidade é uma indústria de multa, eles ajudam a diminuir os acidentes.

Bora colocar o pingo no i...

Bandido se combate com política de segurança e não pisando no acelerador.
TÁ BONITO!
Na próxima quarta, 4 de setembro, vai acontecer o evento “Mães que produzem”, no Américas Barra Hotel e eventos.

O projeto, criado por um grupo de mães que atuam em prol do empreendedorismo, divulga o trabalho e transforma sonho em negócios.

Será um dia de muitas palestras, workshops, bazar... E a partir das 16h eu vou estar lá, falando para essas mulheres sobre carreira profissional e como equilibrar os pratos cheios de funções da vida!

O evento começa bem cedinho, 10 horas.

O Hotel fica na Avenida das Américas, 10.500- Barra da Tijuca.

Vamos lá trocar uma ideia, mulherada? Vai ser bonito demais, e tenho dito.

Comentários