Reciclagem com toque humanitário

Conheça iniciativas que nos fazem protagonistas na luta por uma vida melhor para nós e o planeta

Por O Dia

reciclagem
reciclagem -

Os cuidados com o planeta estão em evidência cada vez mais, e a reciclagem virou rotina. Entretanto, para alguns projetos que coletam material reciclável, não basta a ajuda ecológica. Por trás dos quilos de resíduos, criativos projetos sociais também garantem um retorno humano. Para eles, a principal recompensa é o sorriso sincero daqueles que ganharam um novo suporte graças à reciclagem.

reciclagem - arte

Dentro de ONGs e grandes empresas, o toque humano conduz os projetos. Sobre pontos de coleta de material reciclável, o projeto Boti Recicla, da empresa de cosméticos Boticário, é o grande destaque brasileiro. Desde 2006, a rede coleta embalagens de cosméticos vazias nas mais de 3.700 lojas espalhadas pelo país e, depois, encaminham o material para cooperativas de reciclagem.

Mas a empresa também promove outro retorno. O grupo garante mudança para os associados, com a capacitação para os cooperados e melhoria das condições de vida para mais de mil famílias.

A preocupação com o humano também move outros projetos sociais, como o Minigentilezas, o Lacre do Bem, o Meias do Bem e o Programa Nacional de Reciclagem Faber Castell. Para o diretor de comunicação do Boticário, Gustavo Fruges, esses projetos devem ser incentivados. "As iniciativas provocam o debate sobre a importância da preservação do meio ambiente e aumento da conscientização, a partir de ações simples como a de não descartar no lixo comum embalagens plásticas vazias. Estamos atuando para construir um futuro cada dia mais sustentável", afirmou.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários