'Agora a Lavínia vai ingressar na estatística da violência no nosso Estado', diz tio de criança morta

Criança morreu após o carro de sua babá ser atingido pelo veículo de criminosos, que fugiam de uma perseguição policial. Sepultamento será nesta sexta-feira, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima, em Caxias

Por Thuany Dossares

Lucas Esteves, de 18 anos, irmão de Lavínia, leva o caixão da bebê
Lucas Esteves, de 18 anos, irmão de Lavínia, leva o caixão da bebê -
Rio - O corpo da pequena Lavina Gomes Esteves, de apenas um ano e três meses, foi sepultado na manhã desta sexta-feira, no Cemitério Nossa Senhora de Fátima, na Taquara, em Caxias. A bebê morreu após o carro de sua babá ser atingido pelo veículo de criminosos, que fugiam de uma perseguição policial, na Avenida Washington Luiz, na altura do km 116, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na quarta-feira.
O corpo da menina chegou ao cemitério por volta das 10h e cerca de 50 pessoas acompanham o velório. O caso aconteceu um dia depois do aniversário do pai de Lavínia e no dia que ela completava um ano e três meses de vida. Segundo familiares, os pais da menina estão completamente “destruídos”.
“Hoje estamos aqui nesse momento difícil e de tanta dor para nossa família. Esse acidente trágico é o retrato da realidade que estamos vivendo, essa violência, onde temos o poder público, a segurança pública de um lado, a criminalidade do outro, e a população acaba sendo a mais atingida, no meio desse confronto, dessa política de segurança pública que há anos tem vitimado pessoas inocentes. Agora a Lavínia vai ingressar na estatística da violência no nosso Estado”, desabafou o tio da menina, o padeiro Daniel Santos.
Lavínia era a caçula de três irmãos. Mesmo com um filho de 18 anos e uma filha de oito, os pais da pequena se programaram para tê-la, segundo os parentes. “Eles se programaram para ter essa filha, ela foi uma bebê muito amada, e agora ela nos deixou tão precocemente. Ela era uma menina linda. Só o tempo para amenizar a dor que nós todos estamos sentindo”, finalizou o tio.

Galeria de Fotos

Lucas Esteves, de 18 anos, irmão de Lavínia, leva o caixão da bebê Cléber Mendes
Lavina tinha completado 1 e três meses na quarta-feira. A bebê já chegou sem vida ao hospital Whatasapp O DIA
Lavina foi sepultada no Cemitério Nossa Senhora de Fátima, em Duque de Caxias Cléber Mendes

Comentários