Larissa Novais Borba: A arte como caminho

Acreditamos que a arte tem o poder de mobilizar e emocionar multidões

Por O Dia

Larissa Novais Borba
Larissa Novais Borba -
Rio - Em seus oito anos de existência, a Benfeitoria, plataforma de financiamento coletivo, hospedou - e vai continuar a hospedar - milhares de campanhas relacionadas à produção cultural. Não é à toa. Acreditamos que a arte tem o poder de mobilizar e emocionar multidões. Seus benefícios são tanto abstratos quanto concretos. São percebidos de formas diversas, como pelo prazer estético e pelo desenvolvimento socioeconômico.

Nosso constante empenho sobre o tema está representado neste momento pelo canal Bossa Nossa. Trata-se de um recurso novo dentro da plataforma, para os produtores culturais cujos projetos tenham a cidade do Rio de Janeiro como palco. O Bossa Nossa reúne as campanhas de financiamento para essas ideias. Já temos inscritos curtas, shows, ópera infantil, publicações e tantas outras expressões artísticas.

Esse poder que a arte tem de movimentar multidões leva as pessoas às ruas, praças, livrarias, casas de show, aos cinemas, teatros, e museus. Faz com que os bairros, a cidade sejam ocupados por seus moradores e visitantes. Alegra e enriquece culturalmente o cidadão. O Rio de Janeiro vibrante em todas as regiões faz parte da nossa lista de desejos. Mas não estamos esperando quietos que isso aconteça. Temos orgulho de colocar nossa expertise à disposição dos realizadores inscritos no Bossa Nossa e nas demais iniciativas da plataforma.

No canal Bossa Nossa especificamente, oferecemos oficinas mensais, palestra, atendimento personalizado. Tem até premiação para a campanha com o maior potencial de criação de novos públicos. Queremos que os produtores culturais tenham as melhores ferramentas para fazer reverberar suas realizações. Queremos que suas ações abracem o Rio de norte a sul, de leste a oeste.

A Benfeitoria defende uma nova economia. Mais humana, criativa e participativa. Somos a primeira plataforma do mundo a ter comissão livre sobre o montante arrecadado. Porque praticamos o que defendemos. Nossa meta é sempre contribuir para o sucesso de iniciativas que levem o melhor de cada um para a sociedade.

A arte é um dos caminhos.
Larissa Novais Borba é gestora de comunidades da Benfeitoria

Comentários