Antonio Florencio de Queiroz Junior: A força do turismo do Rio

O Salão Estadual do Turismo abre as portas hoje e segue até o dia 25, em paralelo à segunda semana do mais importante evento gastronômico da cidade, no Píer Mauá, fortalecendo o alinhamento da pauta gastronomia associada ao turismo

Por O Dia

Antonio Florencio de Queiroz Junior
Antonio Florencio de Queiroz Junior -
Rio - O potencial turístico das regiões fluminenses é imenso e ainda reserva muitas possibilidades para sua exploração. A relevância do setor do turismo, que gera um percentual significativo do emprego e renda no estado do Rio de Janeiro, é evidenciada pelo seu impacto na movimentação e no crescimento da economia do estado do Rio de Janeiro e seus 92 municípios.

Neste contexto, o retorno do Salão Estadual do Turismo é de suma importância. O salão abre as portas hoje e segue até o dia 25, em paralelo à segunda semana do mais importante evento gastronômico da cidade, no Píer Mauá, fortalecendo o alinhamento da pauta gastronomia associada ao turismo.

Informação, debate, divulgação de destinos e geração de negócios são pilares fundamentais presentes na programação. Sua realização evidencia a vocação natural do Rio de Janeiro para o turismo de lazer ou negócios, jogando luz, em especial, nos municípios do interior fluminense, nem sempre tão bem conhecidos pelos viajantes.

Com os encontros e espaços de exibição, o público poderá conhecer atrativos das 12 regiões fluminenses que estarão representadas e fornecerão abordagens sobre o receptivo em suas cidades. Os municípios terão a oportunidade de apresentar seus equipamentos turísticos, manifestações culturais típicas e artesanatos locais.

Uma das atividades do evento que também vale a pena acompanhar com olhar atento é o Núcleo do Conhecimento, programação coordenada pelo Sesc RJ, Senac RJ, Sebrae RJ e Setur RJ em um auditório com 200 lugares, trazendo palestras e painéis com o intuito de estimular discussões relevantes e atuais sobre o segmento.

Valorizamos muito a oportunidade de participar da iniciativa ao lado das associações empresariais que formam o Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio RJ (Cetur RJ), fortalecendo esta iniciativa tão importante para o estado do Rio.

Durante o Salão, teremos um espaço de 100m², ao lado da Setur RJ e do Sebrae RJ, para divulgar as iniciativas desenvolvidas por toda a nossa estrutura em prol do turismo fluminense. O Sesc RJ, por exemplo, destacará os resultados das unidades hoteleiras do estado e as ações de Turismo Social.

O Senac RJ, por sua vez, levará ao Salão nossas soluções educacionais e os resultados da capacitação profissional nas áreas de Turismo, Hotelaria, Gastronomia e Eventos. Durante os quatro dias vamos também destacar as ações dos Comitês Técnicos Setoriais do Turismo, que realizam reuniões de escuta de mercado já feitas nos municípios de Cabo Frio, Petrópolis, Paraty e Rio de Janeiro. Os encontros levantaram demandas e necessidades de empresas privadas e instituições públicas que atuam no setor, reforçando o pilar da informação.

O turismo precisava de um espaço para discutir os temas centrais para o fortalecimento de suas atividades em todo o Estado do Rio de Janeiro. Além disso, o Salão propicia a geração de negócios, uma vez que reúne, em um mesmo lugar, as mais importantes instituições, empresas e entidades do segmento, incluindo os representantes do poder público. É fundamental a definição de uma agenda sólida e diversificada em torno do tema para viabilizar o crescimento sustentável do setor.

É por isso que a volta do Salão Estadual do Turismo, que há 8 anos não era realizado no estado do Rio de Janeiro, carrega um forte potencial de estimulo ao diálogo, às parcerias e ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva do turismo fluminense, oportunizando a consolidação deste setor entre os mais estratégicos para a recuperação econômica de nosso Rio de Janeiro.
Antonio Florencio de Queiroz Junior é presidente da Fecomércio RJ

Comentários