PREFEITO DENUNCIOU MAGISTRADA

Por

A declaração do prefeito Marcelo Crivella ocorreu durante a entrega de Registros Gerais de Imóveis (RGIs) para 296 famílias que vivem no Condomínio Residencial Park Jade. Em agosto, a Prefeitura do Rio denunciou Mirela Erbisti no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Alegou que a decisão da magistrada de fechar a Avenida Niemeyer foi feita sem que o município fosse ouvido. À época, o ministro Humberto Martins, do CNJ, determinou que a Corregedoria do Tribunal de Justiça instaurasse procedimento para investigá-la.

Comentários