Jornalista diz que sofreu aborto enquanto apresentava telejornal ao vivo

'Perdi minha gravidez enquanto lia a notícia', diz a apresentadora Miriama Kamo, da Nova Zelândia, no documentário 'Misconceptions'

Por IG - Delas

A jornalista Miriama Kamo sofreu um aborto expontâneo
A jornalista Miriama Kamo sofreu um aborto expontâneo -

Miriama Kamo, apresentadora de telejornal da TVNZ, da Nova Zelândia, relata ao documentário "Misconceptions" que teve um aborto espontâneo ao vivo enquanto apresentava o jornal.

A âncora de 46 anos conta para o documentário, que tem "aborto" como tema, que estava lendo uma notícia ao vivo quando começou a ter dores muito fortes na barriga. Ela diz que soube na hora que estava perdendo o bebê.

"Perdi minha gravidez enquanto lia a notícia. Eu lembro que as câmeras estavam todas voltadas para mim naquela noite e eu pensei 'estou perdendo meu bebê, tem uma câmera apontada para mim, temos que chegar ao final deste boletim e depois vou lidar com isso”, diz Miriama.

Não foi a primeira vez

A jornalista também conta que tem endometriose e já tinha sofrido outros seis abortos expontâneos. Hoje, Miriama tem uma filha de nove anos, chamada Te Rerehua Kamo Dreaver e é apresentadora de dois programas da TVNZ.

Outra entrevistada no documentário, Cathy Stephenson, afirma que o governo da Nova Zelândia não dá apoio para muitos casais que sofrem com o aborto espontâneo.

"Na maior parte da Nova Zelândia, sua gravidez é controlada por uma parteira, não pelo seu médico de família, mas muitas pessoas não podem ter uma parteira até as 12 semanas, então você realmente não sabe o que fazer", encerra Cathy.

Comentários