Indiano se suicida por acreditar estar contaminado com coronavírus

Homem de 50 anos, pai de três filhos, visitou um hospital do sul da Índia para se submeter a exames de sangue, após assistir a vídeos sobre a epidemia

Por O Dia

Turistas em Nova Délhi usam máscaras protetoras em meio a preocupações com o surto de coronavírus COVID-19
Turistas em Nova Délhi usam máscaras protetoras em meio a preocupações com o surto de coronavírus COVID-19 -
Nova Délhi - Um indiano se suicidou, convencido de que teria sido contaminado pelo novo coronavírus - informaram autoridades locais à AFP nesta quinta-feira (13). O governo informou que pretende reforçar a luta contra a desinformação e a psicose deflagradas por esta epidemia de pneumonia viral.

O homem de 50 anos, pai de três filhos, visitou um hospital do sul da Índia para se submeter a exames de sangue, após assistir a vídeos sobre a epidemia do COVID-19.

"Todos os exames dele eram normais, à exceção de uma infecção urinária, para a qual se recomendou tratamento", disse à AFP Penchalaiah, uma autoridade de saúde do distrito de Chittoor, no estado de Andhra Pradesh.

"Mas entrou em pânico e rasgou os resultados dos exames. Depois se suicidou", na segunda-feira, acrescentou a mesma fonte, sem informar se o homem tinha antecedentes psiquiátricos.

De acordo com a imprensa local, ele chegou a proibir seus familiares de se aproximarem.

"Ele disse que tinha medo que o vírus mortal nos contaminasse, se nos aproximássemos dele. Se alguém tentasse fazer isso, ele jogava pedras", contou um dos filhos ao jornal "Times of India".

Na Índia, até o momento, foram detectados três casos do novo coronavírus, conforme o Ministério da Saúde.

No total, 1.367 pessoas morreram, e mais de 60.000 foram contaminadas na China continental desde dezembro passado. Outros três óbitos foram registrados: no Japão, em Hong Kong e nas Filipinas.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários