Apelidado de Mogli, bebê cabeludo de quatro meses chama atenção: 'Nos param na rua'

Madeixas de Oscar cresceram tão rápido que aos dois meses de vida ele teve seu primeiro corte de cabelo

Por iG Delas

Bebê cabeludo, Oscar, precisou cortar as madeixas aos dois meses de vida; a família o apelidou de Mogli, o menino lobo
Bebê cabeludo, Oscar, precisou cortar as madeixas aos dois meses de vida; a família o apelidou de Mogli, o menino lobo -
Sara Morris e Joshua Jones ficaram chocados quando viram o filho deles, Oscar, pelo ultrassom. Ainda dentro da barriga, já era possível ver que o menino tinha fios de cabelo de um centímetro de comprimento. Em julho, quando ele nasceu, os fios estavam com cinco centímetros. As madeixas do bebê cabeludo cresceram tão rápido que aos dois meses de vida ele teve seu primeiro corte de cabelo.

Sara disse ao Metro UK que a aparência do bebê cabeludo rendeu um apelido: Mogli, por causa do personagem do filme da Disney "Mogli, o menino lobo", além de uma fama nas ruas de Devon, Inglaterra, onde a família vive. "As pessoas na rua sempre nos param e comentam sobre o cabelo dele. Quando Oscar nasceu, nem a gente conseguia acreditar na quantidade de cabelo", conta. 

"O cabelo dele é muito, muito grosso e muito escuro. Jushua e eu temos cabelos castanhos, embora o dele seja mais parecido com o do pai do que com o meu. Eu acho que Oscar sabe que tem muito cabelo. Quando o deitamos, ele coloca os braços sobre a cabeça e brinca com os fios, mas começa a chorar se os puxa por acidente, porque os dedos ficam presos."

"Eu tive dificuldade com diabete gestacional e teve uma semana inteira da gravidez que senti muita azia."

"Quando fiz o ultrassom, descobri que Oscar já tinha com um centímetro de cabelo. Estávamos esperando que ele fosse ser um bebê cabeludo , mas não tanto assim."

"(Quando ele nasceu) olhei para ele e falei 'Ele parece o Mogli '. Todos que o olhavam concordavam comigo 'Você está certa, ele é o Mogli!'. Os pais de Joshua começaram a chamá-lo assim desde então e o apelido pegou", brincou a mãe. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários