Ranking da CGU coloca Macaé como uma das cidades mais transparentes do país

Município ficou à frente do Rio e outras capitais estaduais na Escala Brasil Transparente, que avalia o bom uso de recursos públicos

Por O Dia

Fachada da Prefeitura de Macaé
Fachada da Prefeitura de Macaé -
Macaé — A busca pela correção no uso do dinheiro público, e apresentar isso da forma mais clara possível ao cidadão, deve ser uma luta constante. E Macaé parece estar no caminho certo. Na Escala Brasil Transparente, ranking estabelecido pela Controladoria Geral da União (CGU) para avaliar a boa gestão de recursos de estados e municípios, o município macaense ficou entre os 100 mais transparentes do país.
“Somos uma das cidades mais transparentes do Brasil, como comprova a CGU com esse monitoramento, que indica não só transparência, mas comprometimento e respeito na gestão pública”, destaca o prefeito Dr. Aluízio.
Macaé recebeu a nota 8,76, de um máximo de 10, acima da média nacional de seis aferida nos mais de 5 mil municípios brasileiros. O resultado colocou a cidade na posição 98, à frente da próprio Rio de Janeiro, e de outras capitais estaduais como Salvador, Fortaleza e Porto Alegre. Mas a administração macaense não se dá por satisfeita.
“Já fomos avaliados outras vezes, obtendo nota máxima em medições feitas pelo Ministério Público Federal e pela própria CGU. Mas nesse último balanço, a controladoria mudou alguns critérios sem comunicá-los, o que não nos permitiu a adequação necessária”, comenta Jean Vieira, procurador de licitações de Macaé. “Mas estamos sempre em busca do máximo de transparência e responsabilidade no uso do dinheiro público”.
Além de medidas obrigatórias, como o Portal da Transparência e a obediência à Lei de Acesso à Informação, Macaé implementou recentemente iniciativas como o pregão eletrônico, que permite a participação remota de qualquer empresa das licitações da prefeitura, e um canal de YouTube que transmite em tempo real esses leilões, e pode ser acessado por qualquer pessoa em qualquer parte do mundo.
“Um outro aspecto importante da gestão dos recursos públicos é obter o máximo deles. O pregão eletrônico nos dá a perspectiva de aumentar a transparência, a eficiência e a redução de custos”, frisa Vieira.
A Escala Brasil Transparente, com a posição de todas as cidades, pode ser acessada no link https://www.cgu.gov.br/assuntos/transparencia-publica/escala-brasil-transparente-360

Comentários