Arquitetos reúnem ideias para decorar a primeira moradia

Antes de comprar qualquer móvel, é importante escolher com qual estilo e como o morador quer decorar o ambiente

Por Marina Cardoso

Primeiro apartamento
Primeiro apartamento -
Rio - Seja para quem está comprando um imóvel ou alugando o primeiro apartamento, uma das principais expectativas é montar e decorar o espaço do jeitinho com o seu estilo e personalidade. Para que tudo saia perfeito, o morador deve ter em mente algumas informações básicas. Para ajudar nessa hora de tantas decisões, especialistas reuniram dicas essenciais para esse momento.
Antes de comprar qualquer móvel, é importante escolher com qual estilo e como o morador quer decorar o ambiente. “Na conversa inicial procuro conhecer o gosto do cliente para depois imprimir a personalidade no projeto”, conta Henrique Freneda.
O morador deve escolher entre cortinas, tapetes, papel de parede e cor de tinta que ornem. Além disso, pode investir em objetos decorativos e vasos de plantas que tragam vida para os ambientes.
O tamanho do imóvel deve ser levado em conta na hora de decidir a decoração. Para apartamentos pequenos, a dica é escolher um mobiliário prático que atenda as necessidades dos habitantes. Ocupar todos os cantos da casa também é uma orientação importante.
Durante a obra, o importante é definir um orçamento e tentar ao máximo permanecer nesse valor. “Mesmo que haja imprevistos durante a obra, meu compromisso é não sair do budget combinado inicialmente”, explica Freneda. 
Outra dica para acertar na decoração é apostar em uma solução mais prática, como móveis sob medida em detrimento dos planejados. Dessa maneira, o mobiliário sairá exatamente como o morador sonhou. Segundo os especialistas, os espaços serão preenchidos e aproveitados perfeitamente.
OBJETOS NO LAR
Uma dica para poupar o bolso é o próprio morador pintar a casa. Para isso, pode realizar o processo até com a ajuda de familiares e amigos, que pode ser divertido e mais rápido. A arquiteta Gabriela Hipólito diz que é importante o morador não ter medo das cores, pois é algo que pode ser mudado futuramente.
Outro ponto é transformar os objetos diários como parte da decoração. “Isso humanizará o imóvel, deixando mais cativante. Aconselho às  pessoas a trazerem mais da sua vida nas paredes da casa. Ornamentar as prateleiras e estantes com peças importantes para a pessoa ou para o casal”, afirma a arquiteta. Além disso, plantas são sempre bem-vindas! Elas não são caras e deixam qualquer decoração mais viva.
 

Comentários