Com o término das férias, espaço dedicado para estudo pode motivar as crianças

Uma das principais dicas é apostar no conforto, pois os pequenos vão passar um período considerável no local

Por Marina Cardoso

Pais podem criar um cantinho de estudo com quadros para memorização e espaços para livros
Pais podem criar um cantinho de estudo com quadros para memorização e espaços para livros -
Rio - O período de férias escolares já chegou ao fim para muitas crianças e, junto com a volta às aulas, um desafio para os pais vem à tona: como manter os filhos motivados durante a rotina escolar? Com tarefas e estudo que devem ter continuidade dentro da própria casa, a aposta em criar um espaço confortável e lúdico pode ser uma grande aliada neste momento.
Uma das principais dicas da arquiteta Ana Johns, do escritório Ana Johns Arquitetura, é apostar no conforto. Além de ser funcional, o cantinho de estudos deve ser confortável, já que a criança ou adolescente vai passar um período do dia no local.
“É necessário ter uma mesa para estudos e uma cadeira, ambos confortáveis. Também é importante ter um local para deixar os materiais escolares, seja uma mesa maior ou um espaço com gavetas próximo”, pontua Ana.
Assim como o conforto, a iluminação é fundamental na hora do estudo. Para o cantinho, de acordo com Ana, é possível trabalhar de duas formas: iluminação geral ou focada. “Podemos usar uma iluminação que seja colocada no gesso com foco direto na área da mesa. Ou uma luz de apoio que fique direcionada para o espaço, como um abajur”.
Outra dica é investir em organizadores e quadros. Para o espaço, é bacana apostar em materiais que permitam que seu filho possa escrever ou pendurar recados, ajudando a manter sua organização. Uma opção é um quadro, de giz ou para canetas.
CORES NEUTRAS
Um ponto que os pais não podem esquecer na hora de montar o espaço de estudos do seu filho é a preocupação com as cores escolhidas. Desenhos ou tons muito fortes podem tirar a concentração ou, ainda, trazer sentimentos negativos.
“O ideal é ter cores mais neutras, para não tirar o foco da criança no estudo”. Mas vale lembrar: a dica tem relação somente com a área destinada ao estudo, o resto do quarto está liberado.
Ainda de acordo com a arquiteta, o cantinho destinado ao estudo deve ser convidativo e fazer com que a criança se sinta à vontade. “É bacana trabalhar com o lúdico, que realmente deixa a criança intrigada e com vontade de usar o ambiente!”, aponta Ana.
Além disso, é importante que a mesa e o espaço para estudos estejam muito bem definidos dentro do quarto, mesmo que o ambiente não seja amplo.

Galeria de Fotos

Pais podem criar um cantinho de estudo com quadros para memorização e espaços para livros Divulgação
Pais podem criar um cantinho de estudo com quadros para memorização e espaços para livros Divulgação

Comentários