Eurico Miranda prometeu pagar mesmo após Anderson Martins dispensar dívida do Vasco

Zagueiro acionou o Cruzmaltino na Justiça por dívidas trabalhistas

Por O Dia

Anderson Martins
Anderson Martins -
Rio - O zagueiro Anderson Martins e o volante Desabato entraram na Justiça contra o Vasco. As duas ações somadas cobram R$ 1,6 milhão por dívidas que os jogadores alegam não ter recebido no momento da rescisão contratual antes de deixar o clube. A informação foi publicada inicialmente pelo Lance.
Alguns meses depois, o zagueiro emitiu uma nota oficial afirmando que Eurico Miranda "mesmo contra a sua vontade, cumpriu com a palavra a mim empenhada, assinando a minha liberação e assumindo o compromisso de me remunerar pelo período em que defendi o clube".
Desabato foi vendido pelo Vasco ao fim de 2018 por US$ 800 mil ao Cerezo Osaka, do Japão. Em 9 de janeiro de 2020, o argentino entrou com ação cobrando R$ 971,5 mil. O valor é referente a multas, férias não pagas, FGTS não recolhido e salários atrasados.
Vale lembrar que por conta desses problemas jurídicos que o Vasco vive, o clube perdeu o prazo para inscrição de jogadores para estreia do Campeonato Carioca. Uma das novidades para 2020, o atacante Germán Cano não estará em campo contra o Bango, no próximo domingo, em São Januário. A bola rola às 16h (de Brasília).
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários