Após operação, atacante tenta recuperar protagonismo no Vasco

Jogador é o maior finalizador da equipe no Brasileiro

Por Lance

Rossi
Rossi -
Rio - Um dos grandes destaques do Vasco antes da parada para a Copa América, o atacante Rossi vive fase complicada na equipe de Vanderlei Luxemburgo. Antes considerado intocável, o jogador não retomou o bom ritmo após se recuperar de uma cirurgia de apêndice que o deixou fora por cerca de um mês. Contra o Avaí, nesta quinta-feira, na Ressacada, o jogador pode ter a oportunidade de retomar o protagonismo.

Segundo dados do "Footstats", Rossi é o maior finalizador do Vasco neste Campeonato Brasileiro, com 31. No entanto, ele está à frente apenas de João Paulo, do Avaí, e Diego Souza, do Botafogo, em comparação com todas as equipes da competição. Esse número evidencia, ainda, o problema do Vasco de ser mais perigoso ofensivamente.

"É importante ter efetividade no campeonato. Isso faz com que a gente sinta essa pressão. Temos que aproveitar as oportunidades que temos. Quando as coisas não saem como a gente quer, gera um pouco de pressão e ansiedade. Precisamos transmitir calma para todo mundo. Fizemos isso contra o Santos, independente de estarmos atrás no placar, tentamos o jogo inteiro manter o time com atitude no ataque. Temos que tentar acertar a ansiedade e a pressão na hora de definir", analisou o zagueiro Oswaldo Henríquez.

Já em baixa após um retorno mais lento da lesão, o jogador ainda perdeu um pênalti contra o Santos quando a partida estava 0 a 0. Naquele momento, o Cruz-Maltino era, inclusive, superior ao time de Jorge Sampaoli. O resultado final foi o triunfo santista por 1 a 0. É verdade que Rossi foi essencial para a importante vitória vascaína contra o Atlético-MG fora de casa, quando ele fez o primeiro gol da equipe. No entanto, o saldo ainda é mais negativo.

Em junho, o camisa 7 chegou a receber propostas para deixar o Cruz-Maltino. Aos 26 anos, ele está emprestado até o final da temporada pelo Shenzhen FC, da China. As ofertas naquele momento eram de fora do país, mas acabaram não se concretizando.

Pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco encara o Avaí, às 19h15. Sem Marrony, suspenso, Rossi deve formar o trio de ataque ao lado de Talles Magno e Ribamar.

Comentários