Fluminense entra no STJD e CBF decide paralisar Brasileirão Feminino

Equipe tricolor reclama de irregularidades na partida contra o São Paulo

Por O Dia

CBF suspendeu o Brasileirão Feminino sub-18 após o Fluminense entrar no STJD
CBF suspendeu o Brasileirão Feminino sub-18 após o Fluminense entrar no STJD -
Rio - A CBF optou por paralisar o Brasileirão Feminino sub-18 até que seja resolvida a situação envolvendo a vitória do São Paulo sobre o Fluminense, em jogo válido pela primeira rodada da segunda fase da competição. O clube carioca entrou com uma ação no STJD e o presidente do órgão, Paulo César Salomão Filho, determinou que o resultado da partida não fosse homologado. As informações são do portal "UOL".
O pedido do Tricolor é por conta do número de paradas realizadas pela equipe paulista. O regulamento do torneio permite que os clubes realizem até seis alterações, mas com apenas três paradas. No entanto, o São Paulo paralisou a partida para substituições quatro vezes.
O STJD afirma que não teve qualquer relação com a parada do campeonato e que a decisão foi tomada exclusivamente pela CBF. Já o Fluminense enviou uma nota explicando o seu posicionamento.
Confira a nota do Fluminense:
"O Fluminense entrou com o processo ao verificar um erro da arbitragem durante a partida. É um recurso para o cumprimento das regras e regulamentos. Esse é o papel institucional de quem defende a lisura das competições, o cumprimento dos regulamentos e a isonomia entre os competidores."

Comentários