Mais Lidas

Fã de Eric Bailly, ex-atacante e achado em peneira: conheça Otávio, um dos zagueiros do Flamengo na Libertadores Sub-20

Com 17 anos e há quase cinco no clube, o jovem é uma das opções do técnico Phelipe Leal para o setor defensivo, na disputa da competição sul-americana, no Paraguai

Por Venê Casagrande

Otávio comemorando nos tempos de Sub-17
Otávio comemorando nos tempos de Sub-17 -
O Flamengo estreia na Libertadores Sub-20 neste sábado, contra o Nacional, às 18h (horário de Brasília). O técnico Phelipe Leal relacionou 20 jogadores para a disputa da competição sul-americana, no Paraguai. Um deles é o zagueiro Otávio, tratado como promissor no Ninho do Urubu. Com 17 anos e há quase cinco no clube, Otávio tem contrato com até agosto de 2022.
Antes de embarcar para a disputa da Libertadores Sub-20, Otávio concedeu entrevista ao jornal O Dia. O jovem contou como chegou à Gávea, revelou que já atuou de atacante, falou sobre os pontos fortes e disse que se espelha em Eric Bailly, zagueiro do Manchester United.
Otávio concentrado durante partida pelo Flamengo - Arquivo Pessoal
VEJA ABAIXO A ENTREVISTA COMPLETA COM O ZAGUEIRO OTÁVIO:
Queria que você contasse a sua trajetória no futebol e como chegou ao Flamengo?
"Comecei jogando aos seis anos de idade, em um time de várzea da minha cidade. Depois, aos 11 anos, fui jogar futsal pelo clube Mogi, onde fiquei um ano. Depois fiz uma avaliação no São Caetano, onde pude jogar o campeonato paulista sub-12. Depois passei por diversos clubes. No final de 2015 fiz um peneirão no campo perto de casa pela escolinha que eu jogava, e o avaliador do Flamengo estava la e me chamou para conversar. Falou para eu ir fazer uma avaliação no Flamengo. Alguns meses se passaram, e ele marcou a avaliação para eu fazer com o grupo do Flamengo e lá consegui dar o meu melhor para passar na avaliação."
*Ele chegou ao Flamengo no fim de 2016, ficou um ano e meio e depois saiu para o Internacional. Voltou no final de 2017.
Sempre foi zagueiro?
"Eu comecei jogando de lateral esquerdo, e depois fui ser volante, que era uma posição que eu gostava de jogar. E quando fui para o São Caetano, cheguei de volante, e o treinador me colocou de atacante. Depois que eu saí do São Caetano, eu comecei a jogar de zagueiro e gostei de jogar nessa posição."
Qual é o seu forte? O que acha que ainda precisa evoluir?
"Eu acho minha bola aérea e minha parte defensiva (meu um contra um defensivo) muito forte, e eu preciso melhorar mais minha parte técnica."
Otávio em ação pelo time sub-20 do Flamengo - Arquivo Pessoal
Tem algum ídolo no atual elenco profissional do Flamengo? Se espelha em qual jogador?
"Eu tinha como ídolo o Juan, que já se apresentou. O jogador que eu me espelho atualmente é o Eric Bailly, do Manchester United."
Acredita que a temporada 2019 tenha sido a sua melhor no Flamengo?
"A temporada de 2019 foi uma temporada muito vitoriosa, consegui ganhar títulos de grande expressão e jogar em alto nível. Espero que 2020 seja melhor ainda."
Você acha que a Libertadores Sub-20 dará uma visibilidade ainda maior ao elenco rubro-negro?
"Sim, acredito que a libertadores tem uma grande visibilidade e vai ser uma boa experiência pra nossa equipe jogar contra times sul-americanos."
Como foi o período de treinamento para a Libertadores?
"Trabalhamos forte, em alguns dias em dois períodos até. Vale tudo para buscar o nosso objetivo."
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Otávio concentrado durante partida pelo Flamengo Arquivo Pessoal
Otávio comemorando nos tempos de Sub-17 Arquivo Pessoal
Otávio em ação pelo time sub-20 do Flamengo Arquivo Pessoal

Comentários