Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Sequência do Fla no Rio

Por O Dia

Série de jogos no Rio vai permitir a Domènec Torrent fazer o seu habitual rodízio no Flamengo
Série de jogos no Rio vai permitir a Domènec Torrent fazer o seu habitual rodízio no Flamengo -
Parei para dar uma olhada na tabela do Campeonato Brasileiro e percebi duas coisas interessantes para a torcida do Flamengo. No meio de uma temporada cheia de viagens e jogos fora de casa, o Rubro-Negro vai ter dois respiros importantes, pelo menos no Brasileirão. Da 13ª até a 16ª rodada, ou seja, em quatro jogos, vai jogar no Rio de Janeiro. Pega Athletico-PR, Sport, Vasco (em São Januário) e Red Bull Bragantino nesta ordem. Já a partir da 24ª rodada, encara Botafogo (provavelmente no Nilton Santos), Santos e Bahia no Maracanã. Ou seja: mesmo que não jogue todas essas partidas em casa, vai estar no Rio de Janeiro e evitará as viagens desgastantes de sempre. Além de tudo é um trunfo para Domènec fazer o rodízio que tanto gosta e descansar os atletas para possíveis duelos mais importantes na Libertadores ou na Copa do Brasil. Olho nas partidas!


COMPREM MARTIN BENÍTEZ

Que Germán Cano está deitando no futebol brasileiro não é novidade. São 16 gols em 23 jogos pelo Vasco, o segundo artilheiro do Brasil, atrás de Nenê, que tem 17 pelo Fluminense. Mas outro hermano também está surpreendendo: Martin Benítez. E já aviso: o Cruzmaltino tem que correr para comprar o meia de 26 anos do Independiente-ARG. O passe fixado é de cerca de R$ 20 milhões. É correr para não perder...


'NENEPENDÊNCIA' NO FLU

A saída de Evanilson e Fred, ainda fora de combate, deixa o Fluminense completamente dependente dos lampejos de Nenê. A sorte é que eles têm acontecido com frequência. Já foram 17 gols no ano e três assistências. Mas, como já disse, tem que chegar uma peça de reposição porque, desta forma, vai ficar difícil quando ele calha de não jogar bem (o que é normal). Vai ser difícil encontrar quem consiga superar Evanilson, mas tem que achar, pelo menos, alguém que possa dar gols importantes ao Tricolor.


BABI E CATATAU: FUTEBOL DO RIO RESPIRA

No último domingo, tivemos um clássico eletrizante entre Botafogo e Vasco, no Nilton Santos. Vitória do Cruzmaltino, mas com personagens ainda não muito conhecidos no cenário do futebol brasileiro: Matheus Babi, o centroavante que marcou os dois do Alvinegro, e Ygor Catatau, que fez o terceiro gol do Gigante da Colina. O curioso é que o jogador do Botafogo veio do Macaé e o do Vasco chegou do Madureira. Isso é legal demais e mostra que o futebol do Rio de Janeiro ainda respira. Grande fase!

Comentários