Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Pelo bem dos Estaduais e do futebol

Por O Dia

Rogério Caboclo, presidente da CBF, articula a temporada de 2020 com as federações estaduais
Rogério Caboclo, presidente da CBF, articula a temporada de 2020 com as federações estaduais -
Há várias opções sendo discutidas internamente entre a CBF e as federações para a temporada 2020. Uma delas é a que, a princípio, está caindo em consenso na grande maioria: alinhar o calendário com o do futebol europeu. Isso daria tempo para os estaduais serem terminados, os times menores teriam uma sobrevida na renda e, desta forma, os campeões seriam conhecidos. A partir de agosto começaria uma nova temporada, 2020/2021, e assim o futebol brasileiro seria mudado para sempre. Não vejo uma alternativa melhor neste momento. Reduzir os jogos e fazer um Brasileirão com mata-mata tiraria a renda dos clubes, já que a TV pagou por 38 jogos, não 19 mais alguns confrontos decisivos. Todos sabem que a maioria dos clubes sobrevive da renda dos direitos de transmissão e isso seria um baque para alguns gigantes do futebol brasileiro, além de o coronavírus já estar prejudicando bastante. Sou a favor dos estaduais sempre, mas também do bom senso. Na minha visão, é o melhor a se fazer.


FORÇA AOS COLORADOS

O presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, testou positivo para o coronavírus e foi colocado em quarentena. Ainda sem sintomas, o mandatário se sente bem. Tomara que continue assim, mas desde já desejo força ao dirigente e a todos os torcedores neste momento difícil. Não é mais futebol. É pela vida e qualquer discordância ou rivalidade deve ser deixada de lado.


VAI CHEGAR PRA RESOLVER?

O Vasco anunciou José Luís Moreira como novo vice-presidente de futebol. Velho conhecido da política e, para os mais íntimos, 'Zé do Táxi', o dirigente já trabalhou nas administrações de Eurico Miranda no mesmo cargo. Ele também tem um poder financeiro grande e muita influência na colônia portuguesa. Será que chega para resolver? Vamos ver. 


AGENTES DE MUDANÇA

Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco vêm realizando, ao lado de seus jogadores, campanhas para conscientizar a sociedade sobre os perigos e como se prevenir do coronavírus, além da necessidade de ficar em casa. O futebol atinge milhares de pessoas e, muitas vezes, é mais importante na vida do povo do que os políticos, por exemplo. Ter as palavras dos seus times de coração pode ajudar - muito - na missão única que é parar esta pandemia. Parabéns para as instituições.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários