Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Haja logística

Por O Dia

Data Fifa pode tirar Arrascaeta do Flamengo em momento decisivo
Data Fifa pode tirar Arrascaeta do Flamengo em momento decisivo -

E haja fôlego também. O Flamengo vai encarar 15 jogos em 52 dias. Até aí, tudo bem. A questão é que serão 11 viagens entre Campeonato Brasileiro e Libertadores. O time teve uma folga nas últimas três semanas, já que só jogou sábado ou domingo, mas a maratona começa hoje, quando viaja para Minas e enfrenta o Cruzeiro, amanhã. Depois serão nove jogos em casa e cinco fora. Menos mal que o jogo pela Libertadores é com o Grêmio, ou seja, no Brasil, mas a grande tensão da partida compensa a pequena viagem. O rodízio terá que ser cada vez mais frequente, já que, além dos jogos, atletas como Arrascaeta, Berrío, Bruno Henrique e Gabigol podem ser convocados, além de Renier, nome certo na Copa do Mundo Sub-17. O fato é que repetir a escalação vai ser quase utopia e, com Palmeiras e Santos apenas com o Campeonato Brasileiro, o Flamengo vai ter que mostrar a força do seu grupo mais do que nunca.

MODELO PARA O BRASIL

Já vi títulos por acaso. Outros que caíram no colo. Mas nada disso se encaixa no Athletico-PR, campeão da Copa Sul-Americana de 2018 e da Copa do Brasil de 2019. Trabalho, gestão, seriedade e confiança na base. Sem medalhões. Mas com muita coerência em quem contrata, além da oportunidade a Tiago Nunes de seguir com suas ideias. Não é sorte. A grande fase é competência, que deve servir de exemplo para muitos por aí.

100 DIAS DE TRABALHO

Aos poucos o Fluminense vai voltando ao seu caminho natural. Óbvio que pedras no caminho são normais, mas os 100 dias de Mário Bittencourt são de muito trabalho e entrega. O comitê de crise criado pela gestão me chamou a atenção e foi um tiro certeiro para equilibrar o clube dentro e fora de campo. O presidente está se cercando de pessoas competentes e não poderia ser de outra forma. Como sempre digo, o Fluminense voltará a ser forte.

MAIS UM DO GUERRERO

Você deve estar se perguntando: mais um o quê? Só pode ser vice, né? O atacante colecionou derrotas, frustrações e vices no Flamengo. Foi para o Inter, foi eliminado na Libertadores pelo ex-time e, na hora do vamos ver, mais uma derrota feia na conta do peruano. Aliás, não jogou nada nos dois jogos. Ainda disse que resolveria "em casa". Tem que ser muito guerreiro para aguentar.

Comentários