Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Vende-se muito. Ganha-se pouco

Por O Dia

Pedro foi negociado com a Fiorentina por cerca de R$ 50 milhões
Pedro foi negociado com a Fiorentina por cerca de R$ 50 milhões -

Mais uma joia lapidada em Xerém deixou o Fluminense. A saída do atacante Pedro já era iminente, mas novamente o Tricolor sofre pelas finanças sufocadas e se vê pressionado a negociar um jogador que vale muito por pouco. O camisa 9 se foi por cerca de R$ 50 milhões. Atacante de puro talento, com apenas 22 anos e que já tinha até convocação para a Seleção na bagagem. Era para mais. As cinco maiores vendas do Tricolor - Gerson (R$ 61 milhões), Pedro, Richarlison (R$ 46,2 milhões), Thiago Silva (R$ 32,1 milhões ) e Kenedy (R$ 31,2 milhões) - mostram que o clube revela demais, em quantidade e qualidade, mas ganha de menos. É quase um brechó de primeira linha. Lamenta-se que isso tudo seja para que o Flu sobreviva. E lá se vai mais um garoto que poderia ter feito história com a camisa verde, branca e grená. Resta aprender com os erros do passado e confiar na nova e profissional gestão.

INVENÇÕES DA CONMEBOL

Mesmo com o Flamengo voando em campo e com tudo correndo normalmente nas duas partidas contra o Internacional, a Conmebol arrumou um jeito de levar unzinho em cima do Rubro-Negro. Multou o clube em 10 mil dólares (cerca de R$ 42 mil) por não usar um escudo adequado da competição na camisa e alegou falta de gandula no Maracanã. Parece piada, mas não é! Haja paciência...

AÍ NÃO, RENATO

Perguntaram ao Renato Gaúcho quem é o time com o melhor futebol do Brasil. Ele respondeu Grêmio. Ao Jorge Jesus fizeram o mesmo, e ele disse Flamengo. Normal. Mas o treinador do Tricolor Gaúcho disse que, se dessem R$ 160 milhões na mão dele, montaria uma seleção. Renato, o Rubro-Negro, depois de anos, escolheu investir agora pela austeridade financeira. Mais vale um elenco milionário do que só um jogador (Everton Cebolinha) valendo um time inteiro.

REFUGO OU SOLUÇÃO?

O Vasco acertou o empréstimo de Clayton, do Atlético-MG. Jogador de 23 anos que teve excelente passagem pelo Figueirense, mas isso foi em 2015. De lá para cá, não se firmou no Galo, no Corinthians e nem no Bahia. Chega ao Cruzmaltino, carente de elenco, como incógnita. Depois do Marquinho, não dá mais para errar, Luxa. Olha lá... 

Comentários