Ex-atacante do Botafogo entra na Justiça contra o clube e cobra R$ 1,2 milhão

Jogador de 32 anos criticou a postura do clube em buscar contratação de craques

Por O Dia

O presidente Nelson Mufarrej tenta amenizar a crise no Botafogo
O presidente Nelson Mufarrej tenta amenizar a crise no Botafogo -
Rio - Durante a semana, o ex-atacante do Botafogo Rodrigo Pimpão, ganhou as manchetes dos jornais ao criticar o clube carioca por buscar a contratação de grandes craques do futebol mundial, enquato soma dívidas com ele. De acordo com o portal 'Globoesporte.com', o jogador entrou na Justiça contra o Alvinegro e cobra R$ 1.231.927,26.

Ainda conforme publicado pelo portal, os valores cobrados por Pimpão se referem a 13º salário, férias, direitos de imagem, depósito de FGTS, verbas rescisórias e multas. Pimpão soma quase 200 jogos com a camisa do Botafogo e 28 gols anotados. Na última quarta-feira, o atleta de 32 anos reclamou da diretoria alvinegra em entrevista à 'FOX Sports'.

"Minha renovação estava encaminhada desde julho do ano passado. Depois, o Anderson Barros saiu. Quem entrou, esqueceu. Não tenho mágoa, tenho gratidão pelo Botafogo por tudo que representou na carreira. Saí de lá tem 6 meses e estou esperando até hoje para receber. Não acho legal o clube pensar em contratar grandes jogadores se não pagou quem trabalhou lá. Isso me deixou muito chateado. Sou grato ao Botafogo, mas estou muito chateado. Meu salário não chega nem na metade do que o deles", disse Pimpão.n

Comentários