O Brasileirão será um sufoco

Por O Dia

Vanderlei Luxemburgo comanda o Palmeiras nas semifinais do Campeonato Paulista
Vanderlei Luxemburgo comanda o Palmeiras nas semifinais do Campeonato Paulista -
O Campeonato Paulista caminha para o fim com a certeza de que foi um tremendo erro retardar os treinamentos. As equipes se arrastando em campo com resultados tidos como anormais, mas que retrataram a total realidade. O Mirassol, mesmo tendo que se valer de um cata cata porque perdeu 23 jogadores durante a pandemia da Covid-19, eliminou o São Paulo, cujos jogadores pareciam anestesiados. A Ponte Preta pula da ameaça de rebaixamento para a condição de semifinalista abatendo o combalido Santos. Vanderlei Luxemburgo, roendo as unhas na área técnica e pedindo ajuda divina, viu nos últimos minutos o Palmeiras dobrar o Santo André, outro que se virou para juntar onze jogadores durante a crise. Já o Corinthians se salvou derrotando o Red Bull-Bragantino. Ponto para o técnico Tiago Nunes, outro que estava com a cabeça à prêmio, virou gênio e pode acabar tetracampeão. O nível é parecido nos demais estados e sábado começará o Brasileirão prometendo ser um "Trem Fantasma": cheio de sustos.

É chegar e ficar só no abajur

O técnico espanhol Domènec Torret vai desembarcar por aqui na semana da estreia do Flamengo no Brasileiro — contra o Atlético Mineiro, no Maracanã. Por precaução, o melhor será ficar apenas observando, conhecendo o ambiente para depois pegar o leme quando se sentir confiante. A equipe da base, que respondeu na ausência de Jorge Jesus, tem competência e condições para assumir a responsabilidade. O Dome que não mexa em nada e se faça de abajur, fique só de olho nos acontecimentos.

Pedaladas

Nesse abre e fecha fruto da pandemia e da indecisão de quem lida com ela, ninguém sabe onde, quando ou mesmo se jogará partidas na sequência do campeonato que vai começar. Novo normal.

O Atlético Mineiro quer Hulk e manda botar preço. O cara é o jogador mais bem pago do planeta.

Dome Torrent escreveu — o melhor estar por vir. A galera rubro-negra está achando que é o Messi.

Bola dentro

O PSG vence o Lyon nos pênaltis, conquista a Copa da França e Neymar diz que virou rotina. De fato é uma façanha, mesmo só chutando "chien mort" (cachorro morto, em português).

Bola fora

A diretoria do Santos vive crise interna grave que atinge o futebol. É visível a insatisfação de boa parte dos jogadores e, coincidência ou não, em quatro jogos foram quatro expulsões.

Comentários