Cuidado com o Vovô

Por O Dia

Técnico do Flamengo, Jorge Jesus deverá enfrentar dificuldades na partida deste domingo contra o Ceará, no Castelão
Técnico do Flamengo, Jorge Jesus deverá enfrentar dificuldades na partida deste domingo contra o Ceará, no Castelão -
A torcida do Flamengo no Nordeste é gigantesca e com certeza não vai deixar que Jesus enfrente o Vovô sozinho. O Castelão vai tremer hoje à noite num jogo em que o Flamengo precisa da vitória para seguir na trilha que conduz à liderança do Brasileirão. Verdade que a 'Grande Procissão' ainda se arrasta serpenteando no primeiro turno e que a coisa vai esquentar, pegar no breu, a partir da quinta ou sexta rodada do returno, quando devem restar três ou quatro clubes com chances reais de título. Não fosse ter que se dividir entre Libertadores e Brasileirão, me arriscaria a apostar na faixa de campeão em vermelho e preto. Com a divisão de atenções, desgaste físico, psicológico, risco de lesões, fico na retranca e de vara curta. Esses três pontos do jogo de hoje serão tão importantes quanto os conquistados sábado contra o Vasco para manter o grupo confiante e embalado. Espero que Seu Jesus guarde os tubos de ensaio e não invente.

GRITO DE ALERTA
Jogadores do Figueirense voltaram ao trabalho depois da greve que serviu de alerta e que custou um W.O ao clube. A pena por essa ausência será de multa a ser estipulada pelo tribunal, além da perda de pontos. O clube ficou pendurado, uma segunda paralisação levará à eliminação da competição e ao rebaixamento. Receber em dia é direito do trabalhador e, pagar, obrigação do patrão. Funcionários e torcedores aplaudiram os jogadores.

PEDALADAS
Pablo Marí é um zagueiro eficiente. Sabe que não sabe e desenvolveu uma técnica para se defender sem arriscar: na dúvida, chuta para onde aponta o nariz.
O técnico Carille achou o jogo em que Corinthians e Fluminense empataram sem gols muito chato. A ESPN transmitiu sem mostrar o campo, focando apenas nas arquibancadas e com a galera quase dormindo.

BOLA DENTRO
Gerson vem respondendo positivamente ao esforço que o Flamengo fez para trazê-lo. Reapareceu ainda melhor do que quando defendia o Fluminense. Só não pode ficar no banco.

BOLA FORA
De pouco vai adiantar mostrar os pênaltis marcados com auxílio do VAR. O problema não são os marcados, que a gente sabe que existiram, o problema são os não marcados.

Comentários