Enem: videoaulas gratuitas para os alunos de escolas públicas

A iniciativa busca amenizar as disparidades sociais, ainda mais evidentes durante a pandemia

Por Letícia Moura*

O professor Leonardo Chucrute vai oferecer material online: responsabilidade social
O professor Leonardo Chucrute vai oferecer material online: responsabilidade social -

Para ajudar os alunos da rede pública, prejudicados em sua preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) devido à suspensão das aulas presenciais, o professor de Matemática e empreendedor Leonardo Chucrute vai disponibilizar durante o ano todo, uma série de videoaulas gratuitas para esses estudantes. Por causa da pandemia e medidas restritivas, o ENEM foi adiado para os dias 17 e 24 de janeiro na versão impressa e 31 de janeiro e 7 de fevereiro na nova modalidade digital.

Para acessar às aulas, basta entrar no site da plataforma (www.aprovacaovirtual.com.br/enem-solidario), clicar no produto (gratuito), registrar e-mail e senha. A partir disso, a pessoa terá acesso ao portal do aluno e poderá assistir ao conteúdo, quando, onde e como quiser. O projeto vale para alunos da rede pública de todo o Brasil. No Youtube, Leonardo Chucrute tem um canal que leva o seu nome e também oferece videoaulas gratuitas. 

Segundo o idealizador, a coordenação pedagógica organizou as aulas em dois tipos de tópicos: a base curricular do exame e os pontos mais importantes de matérias com mais peso no Enem.

Disparidade social

A ideia da ação solidária é ajudar os estudantes, que não tiveram uma boa base em sala de aula, auxiliando com as disciplinas que costumam ser mais cobradas. 

Ex-aluno de escola e universidade públicas e, agora, diretor do Colégio e Curso Progressão, Leonardo explica que a iniciativa surgiu pela preocupação com a disparidade entre as classes sociais. Durante a pandemia, a desigualdade ficou ainda mais evidente, já que os alunos da rede pública tiveram o ensino interrompido.

"São diversos problemas que esses jovens enfrentam, como falta de suporte tecnológico, falta de organização e defasagem qualitativa dos conteúdos apresentados. Muitos são problemas que sempre existiram, mas, certamente, com a pandemia foram reforçados, revelando, ainda mais, o abismo educacional que existe em nosso país", desabafa o professor.  

Professor recomenda uma rotina diária de estudo

O professor Leonardo Chucrute aconselha ainda criar uma rotina diária de estudo, separando tempo para estudar teoria, para fazer exercícios e, também para lazer. Para ele, não se passa em vestibular apenas com as matérias. "O emocional é peça fundamental na aprovação. São itens complementares que, separados, não levam ninguém a lugar algum".

"Portanto, organize-se. A aula online pode ser desafiadora, principalmente, para aqueles que não conseguem seguir uma rotina. Caso tenha essa dificuldade, enfrente-a sabendo que ela será uma etapa necessária à sua aprovação".

Para conquistar a vaga dos sonhos, o professor sugere que os vestibulandos adotem os "três 'D's: determinação, dedicação e disciplina". Conforme Leonardo, essa dica pode mudar a vida de qualquer pessoa.

"Se o aluno quer passar para a faculdade, ele precisa ter fé ação=aprovação. Primeiro, acredite, você pode, independente de quantas pessoas estão concorrendo. Se você quer, você pode. Já se imagine exercendo essa profissão no futuro. O segundo ponto importante é buscar conteúdo 0800, veja as ferramentas que você tem, os livros e comece a fazer resumos", ensina Leonardo Chucrute.

*Estagiária sob supervisão de Bete Nogueira 

Galeria de Fotos

O professor Leonardo Chucrute vai oferecer material online: responsabilidade social Divulgação
Divugação

Comentários