Novidade! Edulabzz cria a plataforma educacional online mais inovadora do mercado

Conjunto de aplicações para a Educação 4.0 funciona como um hub de soluções

Por O Dia

Aulas online são uma realidade
Aulas online são uma realidade -
Rio - Vivemos uma verdadeira transformação digital impulsionada pela crise gerada pela Covid-19. No campo da educação, com a perspectiva da retomada das aulas, alguns professores, pais e alunos não estão seguros sobre o modelo presencial. Estados como São Paulo e Rio de Janeiro já sinalizaram datas de retorno, mas com uma sombra de incertezas sobre processos e protocolos que serão aplicados para esta volta presencial.
No meio deste cenário, uma empresa tem crescido muito devido ao aumento da demanda por plataformas de ensino a distância (EAD) e apps educacionais. A Edulabzz é um laboratório de inovação especializado em Edtech (tecnologias voltadas para a educação), que desenvolveu o Toolzz: um conjunto de aplicações para a Educação 4.0 que funciona como um hub de soluções educacionais inovadoras.
O pacote engloba desde plataformas EAD com uma experiência estilo Netflix, aplicativos de podcasts educacionais semelhantes ao Spotify, até um app que funciona como o “Uber da educação”, conectando diretamente alunos aos professores. O sistema funciona no modelo white label, permitindo à escola personalizar a plataforma com toda sua identidade visual e criar sua um ambiente personalizado em até 24h, sem programar nada e com um custo de assinatura mensal muito baixo.
Durante a pandemia, a Edulabzz focou em melhorar e desenvolver sua plataforma online para que escolas, universidades e empresas possam reagir à paralisação das atividades presenciais. Novas funções foram adicionadas ao pacote Toolzz desde o início da crise: salas de aula remotas, transmissões ao vivo, grupos de estudo, sistemas de turmas, mural da turma, sistema de criação de provas, sistema de correção de atividades – todas essas inovações foram implementadas para ajudar os professores e gestores educacionais a manterem seus alunos aprendendo de forma organizada, mesmo estando em casa.
Essas adições, unidas às já existentes, fizeram a plataforma ser reconhecida nacional e internacionalmente como uma das tecnologias educacionais mais futuristas existentes até o momento. A empresa se prepara para a internacionalização nos próximos meses. Hoje, a Edulabzz oferece suas soluções diretamente para escolas, mas recentemente iniciou uma linha de negócio voltada para sistemas de ensino que ajudaram a escalar a plataforma durante a pandemia. “Com apenas um de nossos clientes, que é um sistema de ensino para educação básica, estamos atingindo hoje 198 escolas e mais de 75 mil alunos”, afirma o fundador da edtech, Lucas Moraes.
Grandes players já são clientes da Edulabzz: o grupo Ser Educacional, um dos maiores grupos de educação superior privada do país; o Sistema de Ensino J. Piaget; a Rhyzos Educação; a Startse; o Instituto Êxito de Empreendedorismo e outras 100 empresas fazem parte deste grupo de instituições que estão saindo na frente quando o assunto é inovar na educação. A plataforma já acumula centenas de milhares de alunos conectados diariamente. O Instituto Êxito de Empreendedorismo, por exemplo, utiliza a plataforma Toolzz para levar educação empreendedora aos jovens. "Graças à parceria e aos produtos de qualidade da Edulabzz, conseguimos disponibilizar nossa plataforma online com quase 300 cursos gratuitos, ministrados por grandes nomes do empreendedorismo nacional. Assim, estamos atingindo milhares de jovens em todo o Brasil e ajudando a mudar suas vidas", afirma o presidente da instituição, Janguiê Diniz.
Moraes reforça que o plano da Edulabzz é ser a “Microsoft da Educação” e concorrer com gigantes do mercado de tecnologia como Google e Apple, que também já possuem pacotes de soluções para educação online. “Estamos investindo em pesquisa e desenvolvimento, sempre em linha com o que o mercado educacional apresenta de necessidades, para criar soluções inovadoras e que facilitem a vida de gestores, professores e alunos”, pontua.

Comentários