Início do ano concentra procura por abertura de empresas

Sebrae registra maior busca de informações sobre empreendedorismo nos primeiros meses do ano

Por Bernardo Costa

A capacitação promovida pelo Sebrae é voltada para pequenos empresários e microempreendedores individuais durante toda semana
A capacitação promovida pelo Sebrae é voltada para pequenos empresários e microempreendedores individuais durante toda semana -

As resoluções para o ano novo passam não apenas pelo lado pessoal, mas atingem também os objetivos profissionais. É o que reflete a maior procura por informações sobre abertura de empresas nos primeiros meses do ano. A estimativa é do Sebrae, que disponibiliza na internet orientações sobre 350 ideias de negócios para quem pretende tirar a empresa do papel (veja detalhes no quadro ao lado).

"Percebemos que há um aumento na busca por informações sobre planejamento estratégico e acesso a crédito. Informar-se é o primeiro passo para abrir uma empresa com segurança e minimizar riscos no percurso", diz Eduardo Magalhães, coordenador de atendimento do Sebrae nas regiões Centro, Zona Sul e Grande Tijuca.

Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Nathaly Ferreira, que vai abrir um restaurante no Recreio - fotos de divulgação

Foi o que fez Nathaly Ferreira, que está prestes a abrir as portas do bar e restaurante Talyca, no Recreio dos Bandeirantes. A ideia inicial era abrir uma cafeteria. Porém, após pesquisar sobre o setor, Nathaly decidiu mudar o foco do investimento. "Percebi que ela não me daria o retorno financeiro esperado. Seria viver de sonho. Optei pelo bar e restaurante com o conceito de uniproduto, um produto específico que se desdobra nos outros itens do cardápio", diz.

Segundo Magalhães, os últimos meses de atendimento mostram uma tendência por investimentos em canais digitais de venda. É nesse segmento que o personal trainer Fernando Nascimento aposta. Proprietário da academia Pipow Fitness, em Olaria, ele acaba de lançar um aplicativo com videoaulas para quem tem dificuldades de se deslocar até a academia.

"Deixo de ficar restrito ao meu bairro e passo a atender pessoas em qualquer lugar. No app, ofereço atendimento personalizado, com vídeos específicos para atender as necessidades de cada pessoa. Está indo bem. Só preciso melhorar na divulgação", diz.

Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Fernando Nascimento, que mantém uma academia em Olaria e acaba de lançar um aplicativo - Divulgação

DICAS NA INTERNET

A relação com informações sobre 350 ideias de negócios está disponível no site www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias. Nele, há orientações sobre visão geral do mercado, exigências legais e específicas, estrutura e verba necessária para dar início à empresa, organização do processo produtivo, canais de distribuição e estratégias de divulgação.
 
NOÇÕES DE GESTÃO
 
Para Magalhães, a maior dificuldade de quem quer empreender é alinhar noções de gestão à habilidade técnica. "Um planejamento financeiro adequado é fundamental. É preciso garantir boa estrutura de gestão, de recursos e de pessoas, para a parte técnica funcionar lá na ponta", diz.
 
MAIS PROCURADOS
 
De acordo com o Sebrae, os segmentos de alimentação e beleza são os que registram maior abertura de empresas. "Apesar de grande volume de negócios no mercado, esses setores sempre oferecem oportunidades", diz Magalhães. Há outros que também se destacam, como pet shop, turismo, moda, reciclagem, consultório de psicologia e consultoria.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

A capacitação promovida pelo Sebrae é voltada para pequenos empresários e microempreendedores individuais durante toda semana Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Nathaly Ferreira, que vai abrir um restaurante no Recreio fotos de divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Nathaly Ferreira, que vai abrir um restaurante no Recreio Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Nathaly Ferreira, que vai abrir um restaurante no Recreio Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Nathaly Ferreira, que vai abrir um restaurante no Recreio Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Nathaly Ferreira, que vai abrir um restaurante no Recreio Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Fernando Nascimento, que mantém uma academia em Olaria e acaba de lançar um aplicativo Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Fernando Nascimento, que mantém uma academia em Olaria e acaba de lançar um aplicativo Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Fernando Nascimento, que mantém uma academia em Olaria e acaba de lançar um aplicativo Divulgação
Sebrae registra maior procura para abertura de empresas nos primeiros meses do ano. Na foto, Fernando Nascimento, que mantém uma academia em Olaria e acaba de lançar um aplicativo Divulgação
As oficinas com 50 empresas selecionadas vão de agosto a dezembro Divulgação

Comentários