Palestras nas escolas debatem as causas da violência doméstica

A Prefeitura leva aos colégio o projeto 'Conversa de Gente Grande' para prevenir os casos e divulgar o trabalho da Patrulha Maria da Penha

Por O Dia

Integrante da Patrulha Maria da Penha explica aos alunos os tipos de violência doméstica
Integrante da Patrulha Maria da Penha explica aos alunos os tipos de violência doméstica -
Levar o projeto ‘ Conversa de Gente Grande’ às escolas para prevenir os casos de violência doméstica e divulgar o divulgar o trabalho da Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal e do Departamento da Mulher. Com esse objetivo surgiu o projeto ‘Conversa de Gente Grande’, desenvolvido pelas Secretarias de Educação, Políticas de Segurança, Infraestrutura Urbana e Gestões Tecnológicas e a Assistência Social e Direitos Humanos da cidade de Duque de Caxias.

O lançamento do programa foi nesta terça-feira(10), na Escola Municipal Capitão Fuzileiro Naval Eduardo Gomes de Oliveira, no bairro Parada Morabi. A Coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Neusely Pereira, afirmou que o projeto atenderá outras nove escolas no município de Duque de Caxias até o final de 2019. “ Muitas mulheres não sabem que este trabalho acontece no município. Desta forma, estamos indo às escolas como forma de prevenir e orientar”, salientou Neusely Pereira.

Já o diretor da unidade escolar, professor Jardel Rabelo de Almeida, ressaltou a importância deste projeto para as crianças e adolescentes. “Esse projeto é de suma importância para toda a nossa comunidade escolar. Pautando do princípio que as mulheres na sociedade precisam ser valorizadas e que nossos alunos necessitam conhecer as leis que as protegem e as valorizam”, disse.

Durante a palestra oferecida aos estudantes da escola, a coordenadora do CEAM (Centro Especializado de Atendimento à Mulher) Vera Lúcia Pereira, Monique Leal, explicou aos alunos que segundo a Lei Maria da Penha existem várias formas de violência. “A mulher sofre diversos tipos de violência, como física, moral, sexual, psicológica e patrimonial,” contou.

Prefeitura de Duque de Caxias Contra o Feminicídio

Feminicídio é crime de ódio, e não de amor. Foi com base nesse tema que a Prefeitura de Duque de Caxias, com o apoio de diversos setores da sociedade civil, lançou no mês de junho, uma grande campanha de enfrentamento à violência contra a mulher. O município detém o recorde negativo de campeão nos índices de violência feminina no Estado, o que levou a prefeitura a promover a campanha. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), somente em 2018, foram registrados mais de 3,8 mil casos na cidade.

Galeria de Fotos

Integrante da Patrulha Maria da Penha explica aos alunos os tipos de violência doméstica Gabriel Mendes/Divulgação PMDC
Representantes da Patrulha Maria da Penha visitaram a Escola Municipal Capitão Fuzileiro Naval Eduardo Gomes de Oliveira Gabriel Mendes/Divulgação PMDC

Comentários