Nathalia Arcuri: apresentadora do canal 'Me Poupe!' fala de seu reality show na Band

Programa, que tem o mesmo nome do canal, estreia ainda este mês, e a ideia é transformar endividados em investidores

Por RICARDO SCHOTT

Nathalia Arcuri
Nathalia Arcuri -

Rio - Uma das coisas que a jornalista Nathalia Arcuri mais ensina em seu canal de educação financeira 'Me Poupe!' é que a melhor maneira de usar bem o dinheiro é estabelecer prioridades. E é uma das lições que a paulista de Mogi das Cruzes, de 34 anos, irá levar para a versão televisiva do canal, o reality show 'Me Poupe!', que estreia dia 30 de setembro na Band, às 22h45.

"Sou muito disciplinada e jamais deixei de fazer nada, porque tudo o que eu quis virou meta: viagens, cursos, o apartamento que eu comprei à vista, jantares com amigas, baladas...", elenca ela. "Dinheiro foi feito pra ser planejado e usado com prioridades. Jamais fiz desaforos com o meu dinheiro porque entendi muito cedo que ele só precisava ser 'bem cuidado' pra cuidar bem de mim".

Nathalia já está acostumada a fazer pequenos realities (e a dar cursos gratuitos, divididos em episódios) em seu canal. Dessa vez, o esquema ganha escalas maiores. Quem estiver endividado e quiser uma chance de sair do atoleiro, é só preencher e ficha de inscrição no site da Band até 15 de setembro. A apresentadora diz que a meta é que os participantes consigam mais do que sair da lama financeira: ela quer que eles se tornem investidores. Quem já viu o 'Me Poupe!' sabe que entre os assuntos do canal estão as vantagens de tomar cuidado com o cartão de crédito, e de, ao fazer investimentos, começar sempre com opções de baixo risco.

"Também quero chegar aos brasileiros que não estão na internet e assim levar a educação financeira mais longe. Segundo o IBGE, aproximadamente 63 milhões de brasileiros não estão na internet e por isso precisei elaborar formas de chegar nessas pessoas", comenta ela, que há sete anos sonhava em transformar o 'Me Poupe!' em programa de televisão aberta. "Já fazemos cursos, livro, programa de rádio, redes sociais, podcasts, site, eventos... Já falamos todos os meses para 12 milhões de pessoas mas faltava a cereja do bolo, que era a TV".

Jornalismo

Apesar do conhecimento em Economia, Nathalia nunca foi jornalista na área. Em 2015, quando montou o blog do 'Me Poupe!' (ainda no ar), era repórter da Record TV e tentava emplacar um quadro de entretenimento financeiro na televisão, sem sucesso.

"Minha intenção era transformar pelo menos a vida de uma pessoa. No começo, não enxergava a oportunidade de negócio", revela Nathalia, que migrou para o YouTube inspirada pelos projetos do marido, Erico Borgo, criador do site de entretenimento Omelete. "A convivência com ele me fez abrir os olhos para novas oportunidades. Eu percebi que o mundo não era só a TV".

Por sinal, jornalismo, profissão de Nathalia, costuma figurar entre as funções que sempre deixam pais preocupados quando estão na lista de opções dos filhos... A opção se deu sem preocupação com salário? "Quando decidi fazer jornalismo meu avô me chamou pra uma conversa", diz, rindo. "Ele disse que eu jamais seria feliz ou ganharia dinheiro como jornalista. Ele faleceu no ano passado orgulhoso de ter a 'neta famosa'".

Empoderamento

O salto para que Nathalia resolvesse criar o canal foi ter feito uma reportagem que mostrava que que a cada 15 segundos ("hoje, esse número caiu para sete") uma mulher sofria violência doméstica no Brasil. "E 70% dessas mulheres se sujeitavam a isso por dependerem do parceiro financeiramente", conta ela, mostrando que o caráter empoderador do canal tem ajudado muitas pessoas.

"Todos os dias recebemos centenas de mensagens que nos mostram que estamos no caminho certo. É difícil escolher uma, mas certo dia uma seguidora me encontrou em uma palestra e me contou que conseguiu sair da prostituição graças ao 'Me Poupe!'. Sempre fico emocionada em ver o quanto podemos transformar a vida das pessoas. Educação financeira salva vidas!".

Cartão de crédito: vilão?

Um tema no qual Nathalia se detém várias vezes é o cuidado com o cartão de crédito. "Ele é visto como vilão muitas vezes, mas pode ser uma ótima ferramenta. É através dele que acumulo meus pontos para viajar sem gastar nada em passagens", conta.

"Não somos educados para usar o crédito. As pessoas enxergam o cartão como uma renda a mais no mês, assim como o cheque especial. Minha dica para quem está com problemas no cartão de crédito é olhar a fatura e ver quais gastos podem ser eliminados já para o próximo mês", conta. Se for difícil manter o controle, Nathalia recomenda que o cartão fique sob o poder de alguém da família. "Alguém em quem você confie muito, para que não use mais o cartão enquanto precisa organizar as finanças", esclarece.

No 'Me Poupe!', ela volta e meia faz críticas aos consórcios e títulos de capitalização oferecidos pelos bancos. A jornalista criou até um personagem que é citado em vários vídeos, um gerente de banco fictício chamado Sidnelson. "Mas tenho muitos gerentes que são fãs do canal, acho isso incrível! Raramente recebo mensagens desgostosas", conta.

Sem limite de idade

Você já tem mais de 40 anos e não conseguiu fazer seu tão sonhado pé-de-meia? Pode acreditar: isso tem solução. E esse assunto virou um dos vídeos do 'Me Poupe!'. Nathalia afirma que não há idade para começar a se educar financeiramente.

"O primeiro passo é entender o que atrapalhou essa pessoa com mais de 40 de ter um planejamento financeiro, entender a situação financeira atual e a partir disso elaborar um plano de metas", conta. "Quanto mais o tempo passa, maior será o esforço para montar o pé de meia e o empreendedorismo sempre deve estar entre as opções".

Por trás das câmeras

Você pensa em fazer um canal do YouTube e quer saber mais sobre como o 'Me Poupe!' é feito? As gravações são quinzenais e há vídeos prontos para abastecer o canal por pelo menos um mês. Nathalia afirmou num vídeo que ela mesma costuma hidratar seu cabelo (para economizar, claro) e, nas gravações, não foge à regra. Ela mesma cuida de sua própria maquiagem e de seu figurino.

"Todas as roupas são do meu próprio guarda-roupa", diz. "Não gasto mais de 20 minutos me arrumando e geralmente faço uma maquiagem bem básica. O foco é o conteúdo. Cada vídeo requer em média sete dias entre o roteiro, que eu mesma faço, gravação, edição, finalização e divulgação".

E como Nathalia Arcuri, sempre pleníssima nos vídeos, cuida da saúde e da beleza? "Sempre me hidrato e mantenho uma alimentação saudável", conta ela, que sempre fez atividade física e ama esportes, o que ajuda. "Fui ginasta na infância e joguei vôlei por cinco anos na adolescência. Defendia o time de Cotia (SP), onde eu morava com os meus pais", recorda-se. "Fiquei parada durante dois anos por causa do 'Me Poupe!' que já me consumia bastante. E voltei à musculação recentemente. Confesso que odeio academia, mas é a única atividade que se ajusta à minha rotina".

 

Galeria de Fotos

Nathalia Arcuri Reprodução Instagram
Nathalia Arcuri Reprodução Instagram
Nathalia Arcuri Reprodução Instagram
Nathalia Arcuri Divulgação/Marcelo Spatafora
Nathalia Arcuri Divulgação/Marcelo Spatafora
Nathalia Arcuri Divulgação/Marcelo Spatafora
Nathalia (ao lado, na sede do 'Me Poupe!'): canal surgiu quando viu que violência doméstica está ligada à dependência financeira Divulgação/Marcelo Spatafora.
Nathalia Arcuri Divulgação/Marcelo Spatafora.
Nathalia Arcuri Divulgação/Marcelo Spatafora.

Comentários