Estado pagará RAS de junho e julho a PMs e policiais civis no dia 20

Por O Dia

A possibilidade de inclusão de policiais militares e bombeiros no texto é trava na tramitação
A possibilidade de inclusão de policiais militares e bombeiros no texto é trava na tramitação -
Depois de atrasar o pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS) referente a junho de PMs e policiais civis, o governo estadual bateu o martelo sobre a data do depósito: 20 de agosto. O crédito incluirá ainda as horas extras cumpridas pelos agentes no mês de julho.
A demora no depósito ocorreu pela mudança da fonte pagadora. Antes, as horas extras dos policiais civis e militares eram quitadas com recursos financeiros do Tesouro estadual. Agora, o pagamento passará a ser feito com verbas do Fundo Estadual de Segurança Pública e Desenvolvimento Social (Fised).
Somado a isso, o governo estuda criar uma data fixa para o depósito do RAS. E também já há projeto de lei na Alerj para essa medida.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários