Latino rompe sociedade com bar Coco Mambo

Saída do cantor não foi nada amigável

Por

Latino doa piano de cauda no valor de R$ 60 mil para igreja evangélica
Latino doa piano de cauda no valor de R$ 60 mil para igreja evangélica -

Apesar de Latino alegar 'incompatibilidade de agenda' para sua saída da sociedade do Coco Mambo, bar do Recreio, na Zona Oeste do Rio, um texto circula nos grupos de Whatsapp e mostra que a retirada dele do projeto não foi nada amigável. O cantor estaria pedindo uma indenização bem gorda, mais de R$250 mil, e soltando os cachorros em cima dos sócios por acordos não cumpridos. Ih, climão!

Comentários