Mais uma verdade: ação de execução de bens de Arlindo Cruz chega a R$ 70 mil

Processo tramita na 4ª Vara Cível da Barra da Tijuca

Por O Dia

Arlindo Cruz. Reprodução/Instagram
Arlindo Cruz. Reprodução/Instagram -

Vamos falar novamente a verdade, Arlindinho? Aqui não trabalhamos com fake news. Portanto, vamos aos fatos. Você disse que este colunista mentiu ao dizer que a família de Arlindo Cruz esteja endividada e precisando vender bens para saldar dívidas. Por conta disso, precisaria da assinatura de Kauan Felipe, o filho de Arlindo que a família tentava esconder.

Pois bem, a coluna teve acesso a um mandado de execução de bens, expedido em 29 de maio, em que a juíza Érica de Paula Rodrigues da Cunha, da 4ª Vara Cível, da Barra, manda cobrar de Arlindo Cruz e Barbara Macedo, conhecida como Babi, uma dívida referente à inadimplência das cotas condominiais do Condomínio Jardins do Recreio Club de setembro de 2015 até março de 2017. Na época, a dívida era de R$ 38. 486,32. Mas em maio, quando a dívida foi protestada, o valor chegava a R$ 67.389, 34 (incluindo juros de mora, multa e honorários advocatícios). Hoje, esse valor já está bem maior. Para quem quiser checar, o número do processo é 0008446-49.2017.8.19.0209. Arlindinho... Se você quiser, a gente pode continuar as buscar aos processos trabalhistas...

Veja o mandado de execução - Reprodução

Galeria de Fotos

Arlindo Cruz. Reprodução/Instagram Reprodução/Instagram
Veja o mandado de execução Reprodução

Últimas de Leo Dias