Portela afirma que não é a favor de 'virada de mesa' a favor da Grande Rio

O presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, procurou a coluna para esclarecer que não assinou o manifesto dos presidentes de escolas de samba a favor da Grande Rio

Por Leo Dias

Rio - O presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, procurou a coluna para esclarecer que não assinou o manifesto dos presidentes de escolas de samba a favor da Grande Rio, diferente do que foi publicado aqui, de que todos os presidentes teriam assinado o tal termo. Magalhães afirmou não ter firmado nenhum outro tipo de documento que possa vir a mudar o resultado do Carnaval 2018, no que se refere ao rebaixamento da Grande Rio e do Império Serrano. Luis Carlos Magalhães esclarece ainda que vai cumprir o regulamento do Grupo Especial elaborado pela Liesa, tal como está determinado pelas instâncias administrativas da Portela.

Comentários