Alerj atrasará votação de contas de Pezão para beneficiar Witzel

André Ceciliano (PT), presidente da Casa, só levará tema ao debate na segunda quinzena de outubro

Por CÁSSIO BRUNO

O governador Wilson Witzel
O governador Wilson Witzel -
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio, André Ceciliano (PT), só vai pôr as contas dos ex-governadores Luiz Fernando Pezão (MDB), preso na Lava Jato, e Francisco Dornelles (PP) em votação no plenário na segunda quinzena deste mês. O petista quer ganhar tempo para ter certeza da aprovação. O governador Wilson Witzel (PSC) é o maior interessado no tema já que quer manter precedente para evitar problemas com as suas contas no futuro. No entanto, Witzel não tem uma base de apoio consistente. E só piorou após a crise com o PSL, a maior bancada, com 12 deputados.

CECILIANO: ‘EU SOU AMIGO DO PEZÃO’

Procurado pela Coluna, André Ceciliano desconversou sobre a ajuda a Witzel. “Sou amigo do Pezão e estou ajudando, conversando com os deputados (para aprovarem as contas)”, disse o petista. Segundo Ceciliano, não haverá maiores problemas. “(As contas) Serão aprovadas. É votação com maioria simples”, ressaltou. Ceciliano se tornou um dos principais aliados de Witzel na Alerj. A Comissão de Orçamento aprovou as contas do ano passado de Pezão e Dornelles. O TCE-RJ, por sua vez, rejeitou e apontou 14 irregularidades.

DECISÃO SOBRE O FIM DOS RADARES

Seguindo o presidente Jair Bolsonaro (PSL), que determinou a suspensão do uso de radares móveis nas rodovias federais, a Alerj vota hoje projeto de lei que proíbe os mesmos radares nas estradas estaduais. A polêmica proposta é dos deputados Rosenverg Reis (MDB) e Gustavo Schmidt (PSL). Em 15 de agosto, Bolsonaro explicou que a medida é para “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

FLALERJ SAIU MAIS CEDO DO TRABALHO

Deputados estaduais rubro-negros assistiram ontem ao Flamengo na Arena do Grêmio pela Libertadores. André Ceciliano (PT) e Renan Ferreirinha (PSB) foram no mesmo voo, o 4449, da Azul. Alexandre Knoploch e Gustavo Schmidt, ambos do PSL, também viajaram. Ceciliano fez até foto com o presidente do clube, Rodolfo Landim, no aeroporto. A turma do setor público antecipou o fim do expediente.

A PESQUISA DOS BOLSONARO

O PSL fez outra pesquisa de intenção de voto para prefeito do Rio. Após a polêmica da bienal e dos ataques à Globo, Crivella (PRB) cresceu e aparece empatado com Eduardo Paes (DEM). Marcelo Freixo (PSOL) lidera.

PREFEITO CAI COM HÉLIO

Quando o deputado federal Hélio Negão (PSL-RJ) é incluído, ele aparece em quarto. Crivella fica em terceiro; Paes, em segundo. Freixo mantém a liderança com folga. A pesquisa é interna e não foi registrada.

SECRETÁRIA DE WITZEL EM COMA

Cristina Quaresma, secretária estadual de Desenvolvimento Social e Direito Humanos, teve um AVC anteontem em um evento no Abrigo Cristo Redentor. Está em coma no Hospital Quinta D’Or.

PARALELAS QUE SE CRUZAM

Pré-candidata à prefeitura pelo PSDB, Mariana Ribas fará intensivão na Prefeitura de São Paulo. Na volta, inicia estudos sobre o Rio. Paes começa a pré-campanha em janeiro. Ambos em sintonia até as convenções.

O PETRÓLEO

A Comissão Especial em Defesa dos Royalties foi instalada na Alerj. É presidida por Dr. Serginho (PSL). Mas há integrantes do Solidariedade, PSDB, MDB, Pros, PSC e PSD.

PICADINHO

Hoje, às 19h, o bar Il Piccolo Biergarten, na Lapa, vai prestigiar as meninas LGBTQIA+ com os shows de Juçara Freire e Joyce Kelly.

De hoje a domingo, acontece a Primavera Literária Rio. No Museu da República, no Catete.

Também até domingo, será realizada a Expo Religião. Na Biblioteca Parque Estadual, no Centro do Rio.

DESCE

WAGUINHO

O Tribunal de Justiça determinou o bloqueio de R$ 8 milhões nas contas e bens do prefeito de Belford Roxo.

DESCE

MÁRCIO CANELLA

O ex-vice-prefeito de Belford Roxo, hoje deputado estadual do MDB, também teve os bens bloqueados pela Justiça.

Comentários