Coisas do Rio
Coluna
Coisas do Rio
Thiago Gomide - thigomide@gmail.com

Zico já jogou pelo Vasco

Ídolo do Flamengo participou de homenagem ao Roberto Dinamite

Por Thiago Gomide

Zico participa de jogo em homenagem ao amigo Roberto Dinamite
Zico participa de jogo em homenagem ao amigo Roberto Dinamite -
Roberto Dinamite é, sem dúvidas, um dos principais jogadores da história do Vasco.

Foram 617 gols em 1016 jogos, segundo o site do Vasco da Gama.

Ele foi muitas vezes campeão. Em 1974, por exemplo, ajudou a abocanhar o Brasileiro.

Como sabemos, a carreira no futebol costumar ter começo, ascensão e a triste pendurada de chuteiras.

Dinamite, que chegou a ter uma passagem breve pelo Barcelona, colocou um ponto final em 1993.

Como também sabemos, quando envolve grandes craques, identificados com torcidas e clubes, há um jogo de despedida. Um abraço derradeiro, ainda em campo, naqueles que estiveram aplaudindo, apoiando, torcendo.

Para o último jogo de Dinamite com a camisa do Vasco foi preparado um amistoso contra o Deportivo La Corunã, da Espanha, que já contava com Mauro Silva e com um ex-ídolo cruzmaltino e também do Flamengo, o atacante Bebeto.

24 de março, Maracanã lotado. A expectativa era ver se Zico, amigo de Dinamite, que estava jogando Japão, entraria vestindo o uniforme do rival.

Sim, o “Galinho de Quintino”, maior artilheiro da história do estádio, entrou com a 9. Foi ovacionado. Mostrou que era grande. Mostrou que a rivalidade esportiva é para campo.

Papai Joel era o técnico do Vasco, que contava com Carlos Germano no gol e Bismark no ataque.

O jogo foi apertado, mas os espanhóis levaram: 2 a 0. Bebeto marcou um.

Você consegue ver o jogo inteiro aqui
*

Dinamite no Flamengo?

Quase, quase, Roberto Dinamite foi jogar no Flamengo.

E não era amistoso não. Era real.

Quando estava de saída do Barcelona, em 1980, o Flamengo tentou levá-lo.

Márcio Braga, então presidente do rubro-negro, conversou com o presidente do clube catalão.

Quando Olavo Monteiro de Carvalho e Eurico Miranda souberam, ah, meu amigo, eles foram atrás de Roberto e, por consequência, do Barcelona.

O passado pesou. Roberto resolveu voltar para o Vasco.

A volta foi triunfal: fez cinco, cin-co, gols contra o Corinthians, no Maraca.

*

Faltaram duas coisas pra Zico

Primeira: ganhar uma copa do Mundo. Merecia.

Jogador de Maracanã é papinho de quem não viu a copa de 1982. Nem a conquista do Mundial em 1981. Gênio.

Segunda: jogar pelo Fluminense. Se quiser, tem lugar no time fácil.

Comentários