Alegria no Ar
Coluna
Alegria no Ar
Com Fernando Mansur

FAZ DE CONTA QUE ACREDITA

Por

O sistema econômico em que vive boa parte do mundo é bem esperto.

Existem, hoje, algumas raras tentativas de imprimir nas sociedades um senso de sensata solidariedade social.

Estamos tão imersos no jogo, que não percebemos suas escancaradas sutilezas.

O "sistema", para minimizar sua consciência pesada, abre brechas para a "manada" subserviente respirar. Criam-se organizações supostamente não-governamentais, justamente para apagar os incêndios produzidos pelas governamentais. Muitas fundações também cumprem esse papel.

É permitido pensar e falar, até certo ponto. Passou, dançou.

Lembro-me de que, há muitos anos, eu trabalhava numa rádio estatal. O diretor resolveu, por algum motivo, denunciar atos ilícitos do governo local. O departamento de jornalismo passou a disparar denúncias comprometedoras de hora em hora.

Não demorou muito e uma ordem "de cima" mandou parar com a brincadeira. E tudo voltou ao normal.

E é dentro dessa normalidade "que vivemos, nos movemos e temos o nosso ser".

Mas há esperança, aquela "esperança equilibrista", que mostra que "o show de todo artista tem que continuar".

Podemos. Vamos!

Comentários