Programa Crédito Certo visita Parque Cidade Luz em busca dos pequenos e médios empreendedores

Financiadas pelo Fundecam, linhas de crédito oferecem juros de 2% ao ano. Apenas uma delas já financiou R$ 761 mil para 169 microempreendimentos

Por O Dia

O Fundecam, fundo de investimentos da prefeitura de Campos, oferece várias linhas de crédito a juros baixos a pequenos empreendedores
O Fundecam, fundo de investimentos da prefeitura de Campos, oferece várias linhas de crédito a juros baixos a pequenos empreendedores -
Campos — Depois da identificação de prejuízos numa série de empréstimos a grandes empreendimentos feitos nos últimos vários anos, e com os recursos cada vez mais limitados pela diminuição dos aportes provenientes dos royalties, o foco dos investimentos do Fundecam tem sido nos médios e, principalmente, nos pequenos empreendimentos. Este ano, a caravana do fundo já percorreu seis bairros e distritos. Nesta sexta, a equipe do Fundecam e do Programa Crédito Certo visitam o Parque Cidade Luz, em Guarus, apresentando suas linhas de crédito com juros muito baixos.
Jóquei Clube, IPS, Parque Calabouço, Parque Califórnia, Nova Brasília e o distrito de Travessão já foram percorridos. Até novembro, Penha, Parque Guarus e Custodópolis devem receber a caravana.
“A intenção é que o empreendedor realize o investimento com segurança, com movimentação do capital de giro, compra de equipamentos, reforma ou a compra de materiais”, reforça Francine Abreu, gerente do Crédito Certo, que engloba as linhas Agricultura Familiar, Economia Solidária, Inovação e Empreendedor, todas financiadas pelo Fundecam.
Os microempreendedores ou aqueles interessados em iniciar seu pequeno negócio serão atendidos das 9h às 13h, e serão orientados sobre a tomada de crédito seguro e conhecer as linhas disponíveis, com juros bem abaixo dos praticados pelo mercado: 0,17% ao mês, ou 2% ao ano. Apenas o Fundecam Empreeendedor investiu R$ 761 mil em 169 pequenos empreendimentos.
O objetivo é estimular o crescimento econômico ao mesmo tempo em que o município reduz o risco de inadimplência.

Comentários