Substituto de Weintraub, Carlos Decotelli prepara carta de demissão a Bolsonaro, diz TV

Ministro tinha sido nomeado há cinco dias; ele afirmou ter pós-doutorado em uma universidade na Alemanha, mas a instituição negou

Por iG

Carlos Alberto Decotelli
Carlos Alberto Decotelli -
Brasília - Carlos Decotelli, nomeado ministro da Educação há cinco dias, já prepara carta de demissão para ser entregue ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As informações foram divulgadas pela CNN Brasil.

A passagem de Decotelli pelo MEC tem sido marcada por polêmicas quanto a veracidade das informações acadêmicas apresentadas por ele. Decotelli afirmou ser pós-doutor por uma universidade na Alemanha. A instituição negou.
O doutorado, realizado na Argentina, também foi contestado pela universidade. O mestrado de Decotelli também está sendo alvo de críticas, por conta do suposto plágio em sua dissertação.
Após a reunião emergencial com Bolsonaro, nesta segunda-feira (29), Decotelli disse que esclareceu as questões com o presidente e comentou sobre as polêmicas.

A carta de demissão deve ser entregue por Decotelli nas próximas horas e Bolsonaro deve aceitá-la.


Comentários