Maia defende aumento de auxílio a informais; Câmara pode votar projeto hoje

Maia afirmou também que, a partir de segunda-feira, o texto da proposta de emenda à Constituição do chamado "orçamento de guerra" deve estar pronto para começar um debate na Casa

Por ESTADÃO CONTEÚDO , Estadão Conteúdo

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia
Presidente da Câmara, Rodrigo Maia -
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu um valor acima dos R$ 200 de auxílio para informais e disse que a Casa caminha para fechar um acordo para que medida que irá tratar do tema seja votada ainda nesta quarta-feira. Além disso, Maia afirmou que, a partir de segunda-feira, o texto da proposta de emenda à Constituição do chamado "orçamento de guerra" deve estar pronto para começar um debate na Casa.

Em relação ao Plano Mansueto, Maia disse que há apoio dos governadores e que acredita que a proposta poderá ir ao plenário na próxima semana. Questionado ainda sobre a atuação do presidente Jair Bolsonaro, ele reiterou que não há motivo de impeachment.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários