Nova geração da Amarok tem primeira imagem revelada

Picape da Volkswagen terá versão com motorização emprestada da Ford Ranger

Por O Dia

Arte conceitual da nova Amarok
Arte conceitual da nova Amarok -
Rio - A Volkswagen mostra pela primeira vez como será o design da sua picape de maior porte, a Amarok. O visual da picape média foi apresentado durante uma conferência da marca, assim como aconteceu com o flagra do Nivus. Prevista para 2021, a nova linha vem sendo desenvolvida em parceria com a Ford e, por isso, deve trazer elementos da sua 'rival'. Entre eles, a motorização a diesel usadas na Ranger.
Pela imagem, é possível ver que o modelo será bem diferente do atual, mas deve manter sua identidade própria. A grade dianteira segue acompanhando a proporção dos faróis, que, aliás, parecem estar mais estreitos na imagem de divulgação. Como todas as artes conceituais de picapes, essa versão da nova Amarok traz elementos característicos do 'off-road.
Por dentro, nenhuma revelação foi feita, mas tudo indica que a picape média traga as tecnologias atuais oferecidas pela marca, como o painel de instrumentos 100% digital e a central multimídia VW Play, desenvolvida pelo time brasileiro, que chega primeiro ao Nivus. 
Entre os itens de segurança, é esperado que a Amarok importe equipamentos da Ranger como a frenagem automática e o controle adaptativo. O sistema é uma atualização do controle de cruzeiro e atua acelerando e desacelerando o veículo de maneira independente, para evitar acidentes.
Sob o capô
Mas a maior novidade da segunda geração da Amarok deve estar sob o capô. Pela parceria com a Ford, espera-se que o modelo tenha versões com os motores diesel 2.2 e 3.2 turbodiesel, que rende até 200 cv, quando instalado na Ranger.
Aliás, a parceria é inversamente proporcional. Por isso, tudo indica que a Ford também deve aproveitar o V6 Biturbo Diesel da Volkswagen, que entrega potência máxima de 272 cv, para versões mais parrudas da sua picape média. 




Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários