Volkswagen lança versão esportiva do sedã Virtus

Linha GTS do compacto traz o mesmo motor 1.4 TSI de 150 cv de Jetta, T-Cross e Tiguan, no entanto, cobra mais de R$ 100 mil por isso

Por O Dia

Versão tem de série o painel Active Info Display de de 10,2 polegadas
Versão tem de série o painel Active Info Display de de 10,2 polegadas -

A Volkswagen acaba de confirmar o preço do novo Virtus GTS. O sedã compacto com apelo esportivo chega usando o motor 1.4 TSI de 150 cv por R$ 104.940. O valor chama atenção já que o modelo fica mais caro que o irmão maior Jetta, em sua versão de entrada (R$ 99.990).

Se for equipado com itens opcionais (som Beats e pintura metálica), o valor cobrado pelo modelo salta ainda mais aos olhos: R$ 107.100. A justificativa para tal cobrança está no apelo visual externo e interno do modelo, que busca os consumidores que querem esportividade.

Diferentemente das demais versões, a GTS traz spoiler em preto na tampa do porta-malas, grade em colmeia na dianteira, com friso vermelho, faróis em LED, rodas de lega leve diamantadas aro 17 exclusivas, interior com detalhes em vermelho e bancos esportivos.

Completam a lista de mudanças estéticas, os retrovisores em preto, teto e lanternas com acabamento escurecido. A lista de equipamentos inclui à lista da opção Highline, o painel de instrumentos digital, com tela de dez polegadas, e seletor de modos de condução. Assim como no Polo GTS, o sistema permite controlar o comportamento do carro selecionando uma das quatro opções: individual, eco, esportivo e normal.

A mecânica também é diferente da presente nas demais versões, que podiam sair com o motor 1.6 MSI ou o conhecido 1.0 turbo TSI de 128 cv e 20,4 kgfm de torque. Entra em cena o 1.4, quatro cilindros, de 150 cv e 25 kgfm de torque — o motor é o mesmo usado no Tiguan —, T-Cross e Jetta, que capa de empurrar o modelo aos 100 km/h em apenas 8,7 segundos, com velocidade máxima de 210 km/h. Como no hatch apimentado, suspensão e direção do Virtus GTS receberam ajustes de carga para favorecer a condução esportiva.

DIFERENTE

É fato que o público alvo do Virtus GTS busca uma coisa bem diferente dos interessados no Jetta, que visam conforto, espaço interno e status. Mas talvez a diferença de preço entre os modelos acabe tornando a mudança de categoria dos compactos para os médios uma possibilidade. É esperar para ver.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Versão tem de série o painel Active Info Display de de 10,2 polegadas divulgação
Virtus GTS é mais caro que versão de entrada do Jetta divulgação
Versão apimentada recebeu ajustes exclusivos de carga nas suspensões, direção e freios divulgação
Virtus GTS é mais caro que versão de entrada do Jetta divulgação
Grades do para-choque e radiador tem design em colmeia. Friso vermelho invade faróis de LED divulgação

Comentários