Injúria racial

Por O Dia

Livinho está sendo processado por injúria racial. A ação corre em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. A modelo Raiele Costa participava de um clipe ao lado de mais nove modelos negras e dez brancas, no dia 21 de novembro. De acordo com o depoimento dado por Raiele para o delegado da 27ª DP, em São Paulo, Livinho fazia 'brincadeiras' de cunho racista - como fingir ter espetado a mão no cabelo dela e ainda tirar objetos do cabelo da moça - na frente de todo mundo. As pessoas riram da situação. Procurado, o empresário de Livinho, Rodrigo Oliveira, diz que a acusação é descabida: "Livinho é negro. Ele jamais seria racista".

Comentários